Search engine optimization (SEO) – Wordpress

janeiro 10, 2008

Atenção, este blog foi migrado para: http://brunopereira.org

Hoje fui a um evento muito legal da Globo.com, onde foram discutidas várias questões da forma de interação dos usuários com os sites, como as coisas estão ficando radicalmente diferentes comparando com alguns anos atrás, etc.Um dos aspectos mais interessantes é a da busca pelo conteúdo. Como foi falado no evento, antigamente a gente conhecia alguns sites específicos e os acessava diretamente para saber de novidades. Grandes sites publicavam conteúdo e as pessoas o acessavam, mas era tudo muito em uma única direção. Os sites possuíam pessoas responsáveis pela geração e publicação do conteúdo e os leitores interessados navegavam pelo site para saber das notícias e a interação praticamente não existia.

Antigamente a separação de conteúdos de diferentes áreas era feito nos sites pela taxonomia de diretórios. Por exemplo, para saber de novidades de economia, as pessoas acessavam http://www.dominiosite.com.br/economia e ali encontravam a maior parte das informações que lhe seriam relevantes. Atualmente, o papel dos usuários, da mídia informal como um todo cresceu muito. A divulgação da opinião de pessoas comuns e a geração de conteúdo por parte das mesmas ganhou uma relevância bem maior.

À medida que a interação foi aumentando e a quantidade de informação disponível cresceu exponencialmente, o modelo de publicação e busca de informações original ficou ultrapassado. Aumentou a categorização, a necessidades de filtrar o conteúdo que é realmente relevante. Formas de distribuição como RSS ficam cada vez mais necessárias, e um conceito que passou a ser bastante usado é o de tags que ajudam a definir que tipo de conteúdo está presente em cada publicação. Esta idéia é muito bem aplicada por ferramentas como o del.icio.us e o WordPress por exemplo. Estas ferramentas sabem como utilizar as tags para conseguir uma indexação eficiente em engines de busca e isso ajuda as pessoas a encontrar conteúdos que lhe são realmente relevantes.

No del.icio.us por exemplo você consegue ver os links que outras pessoas salvaram e ver quais são os links guardados em cada tag. Isto ajuda demais a descobrir coisas legais que pessoas com interesses semelhantes andaram lendo. Quando eu comecei a usar o del.icio.us, encontrei inúmeros bookmarks valiosos ao percorrer as tags guardadas pelo Bairos.

Já o WordPress me surpreendeu muito pela absoluta eficiência do SEO deles. Alguns posts meus aparecem nos primeiros resultados de buscas do Google. Isso me agrada bastante, pois aumenta a chance de pessoas com interesses semelhantes encontrarem o meu blog, e possivelmente interagir no mesmo. Pesquisando por “vostro windows xp”, o primeiro resultado no Google é o meu post onde eu relatei a experiência de arrancar o Windows Vista e instalar o Windows XP no meu notebook Dell Vostro 1500. Pesquisando por “vostro linux”, o meu post que relata os problemas que tive para instalar o Kubuntu e o sucesso da instalação do MEPIS no Vostro aparece em terceiro. Pesquisando por “Mylyn”, a entrevista que publiquei essa semana aparece em quarto 🙂

Reparem que eu coloquei buscas bastante gerais, que trazem muitos resultados. Ao pesquisar por vostro e windows xp, meu site aparece na frente do site da Dell e na frente do site da Microsoft, e em teoria ambos os sites são fontes mais relacionadas com os termos pesquisados do que o meu blog. Isto mostra o poder de uma boa gerência do SEO. O WordPress utiliza muito bem estas tags e meta-informações, basta dizer quais tags você quer utilizar e tentar formar URLs relevantes que o WordPress te coloca nas cabeças no Google 🙂

Com a avalanche de informações disponíveis atualmente e a falta de tempo habitual dos indivíduos, cresce muio a dificuldade em conseguir a atenção das pessoas para qualquer conteúdo. Como também foi falado no evento hoje, conquistar a atenção e o interesse de uma geração que aprende a jogar vídeo-game muito antes de ler é bem diferente de conquistar a atenção de quem viu o começo da TV no Brasil e não tinha grandes diversidades de conteúdo para escolher. No cenário atual, bom uso do SEO pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso de negócios na internet e aprender como o WordPress faz é um ótimo passo a se tomar! 😉

Anúncios