HP compra EDS. Mas isso faz algum sentido?

Atenção, este blog foi migrado para: http://brunopereira.org

Hoje foi anunciado que a HP está comprando a EDS. O valor divulgado da compra é de US$ 13.9 bi.

Li algumas notícias dizendo que este movimento da HP tem como objetivo fortalecer a empresa para competir com a IBM. Entretanto, tenho sérias dúvidas se isso terá sucesso. A HP tem muita força na venda de equipamentos, e também presta serviços de manutenção de infra-estrutura. Já a EDS é uma gigante na prestação de serviços de software, tanto na área de manutenção de infra-estrutura como no outsourcing de aplicações, e consultoria de uma maneira geral. Como algumas áreas das empresas claramente se sobrepõem, imagino que muitos empregos serão cortados.

A HP passará a ter uma estrutura gigantesca, mas ainda ficará atrás da IBM em termos de faturamento. Além disso, embora fortaleça a empresa na disputa com a IBM, não fortalece tanto. A IBM tem uma área enorme de produtos de software que a HP continuará não tendo. Será muito difícil para a HP ganhar espaço contra a IBM sem um braço de software forte. Principalmente na área de middleware, onde a IBM está muito forte. E além da IBM, a HP teria que brigar também contra a Oracle neste nicho, depois que ela comprou a BEA.

É bom lembrarmos que a HP não tem lá um bom histórico em compras. A aquisição da Compaq foi bem traumática e não teve custo-beneficio muito bom para a HP. O mercado americano também não reagiu bem a essa compra da EDS. As ações de ambas as empresas caíram razoavelmente, mostrando que a maioria das pessoas do mercado não achou este negócio uma boa idéia para as empresas.

Na minha opinião, a HP após esta compra ainda é uma empresa incompleta para competir com a IBM, Oracle e Sun. Antes dessa compra a HP não era tida como concorrente direta dessas empresas, mas agora ela é. Penso que para a HP ter realmente relevância nessa disputa, ela precisará de um braço forte de middleware, e uma boa pilha de software em geral.

Com o histórico que a empresa tem, duvido que ela se transforme nisso por conta própria. Na minha visão o que faz sentido é a HP comprar mais alguma(s) empresa(s), para conseguir complementar suas ofertas de serviços. Considerando a consolidação atual do mercado, acho que faria sentido que a HP comprasse a Red Hat, levando o JBoss de lambuja. Além disso seria interessante que eles contassem com algum servidor de BD na pilha, já que os concorrentes possuem isso (DB2, Oracle e MySql). Uma ótima opção seria comprar a EnterpriseDB, que oferece uma versão comercial do Postgres, o excepcional BD open source.

De todas as grandes aquisições que rolaram recentemente, esta da HP é a que menos faz sentido, pelo menos atualmente. Dependendo das ações que eles tomarem em seguida, esta compra pode ser uma boa jogada ou um episódio lamentável como a compra da Compaq. Torço para que a HP aumente seus já fortes vínculos com Linux e Open Source e compre a Red Hat para se apresentar firmemente como competidora de peso. E claro, continuo torcendo pelo sucesso do meu estimado Postgres🙂

6 respostas para HP compra EDS. Mas isso faz algum sentido?

  1. Joel Lobo disse:

    Bruno, se com a compra da EDS, a HP passou a ser considerada concorrente direta da IBM, Sun e Oracle então a operação valeu a pena! Nesse mercado de gigantes a aquisição e fusão de grandes empresas é essencial para se manter no topo do mercado…

  2. Wagner Elias disse:

    Bruno,

    existe um rumor que a HP quer comprar a Symantec (4 maior empresa de software do mundo), com isto o fortalecimento em software seria muito forte.

    É senhores, assustador!

    Abs.

  3. blpsilva disse:

    @Joel

    Seu ponto de vista é válido, mas às vezes as despesas envolvidas em uma compra dessas não justificam o que a empresa tem a ganhar. A HP certamente vai crescer com a compra, mas será que vai ficar mais competitiva? Será que ela estará ganhando massa muscular ou somente gordura ao aumentar seu tamanho?🙂

    Concordo que muitas vezes as empresas não têm alternativa além de assumir o risco para sobreviverem. Vamos ver o quanto isso será positivo para a HP.

  4. Isso foi uma total idiotice🙂

  5. blpsilva disse:

    @Wagner

    Concordo que a compra da Symantec criaria um bom braço de software dentro da HP. Entretanto, isso não ajudaria na disputa com IBM, Oracle e Sun, pois estas não estão diretamente na área da Symantec. Embora o conhecimento de segurança da Symantec possa ajudar em vários outros produtos e serviços, este não é o foco de iBM, Oracle e Sun, com as quais teoricamente a HP passa a competir.

    Tendo dito isso, não vejo a compra da Symantec como sendo tão relevante nessa disputa. A não ser que a HP compre mais empresas, como por exemplo a Red Hat + Jboss. Caso isso ocorra, e o processo de fusão for bem conduzido, aí a HP vira um mostrengo poderoso.

    Entretanto, estamos entrando em tantas suposições nesse papo que isso não pode ser levado mais a sério do que um exercício de imaginação😉

  6. blpsilva disse:

    @Guilherme

    Pois é, eu ainda não vejo muito sentido nessa compra, exceto se vierem outras por aí. Se a HP comprar apenas a EDS, pra mim ela pode inclusive perder competitividade. Muito difícil gerenciar uma estrutura desse tamanho, especialmente porque a EDS não é atualmente uma empresa com resultados muito empolgantes, e também não tem nada de inovadora.

    Até agora essa aquisição tá me parecendo um Marceneiro se juntando a um Carpinteiro, para competir com um Eletricista😉

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: