Apresentação sobre web services REST

Atenção, este blog foi migrado para: http://brunopereira.org

Hoje de manhã fiz uma apresentação sobre web services REST aqui na Globo.com. Espero que o pessoal tenha gostado. Provavelmente eu farei mais apresentações sobre o assunto este ano.

Estou disponibilizando aqui os slides da apresentação, e depois vou colocar os fontes do projeto de exemplo em algum lugar, pois o WordPress não me permite fazer upload de zips.

Update: o Antônio Carlos tirou umas fotos da apresentação, estou colocando a seguir:

Tech Talk de Web services REST

Tech Talk de Web services REST

Tech Talk de Web services REST

6 respostas para Apresentação sobre web services REST

  1. Oi Bruno,

    Nâo consegui atender o techtalk:/ Mas, outro dia fiquei pensando sobre como fazer com que serviços REST participem de uma transação distribuída. Tive algumas idéias mas não vi muita coisa por aí pronta – você já viu algo por aí sobre o assunto?

    abraços!

    ps: espero assistir os próximos🙂

  2. blpsilva disse:

    Bom, muita calma nessa hora🙂

    Web services REST de uma maneira geral são utilizados para integração entre aplicações diferentes, assim como os web services WS-*. Dessa forma, é importante pensar em qual transação você está se referindo.

    Se você está falando da transação que ocorre dentro do servidor onde rodam os serviços REST, você tem inúmeras maneiras de controlar a transação DENTRO deste servidor. Agora, se você quer que a transação da aplicação cliente e da aplicação servidora seja uma só, creio que você estará encrencado🙂

    Não temos como vincular isso no nível do banco de dados. Pense bem, são aplicações diferentes, portanto conexões diferentes e contextos diferentes. O que você deve fazer é controlar a transação da aplicação cliente de acordo com o resultado enviado pelo servidor remoto. Se o servidor remoto te disse que a operação nele foi OK, você pode prosseguir com a transação no cliente. Se o servidor remoto indicou uma falha, você precisa tratar na aplicação cliente, da forma que for mais correta.

    Isto não se aplica apenas para web services REST. Você tem esse mesmo problema com qualquer integração entre aplicações distintas. Seja com REST, WS-*, EJB ou qualquer outra coisa. Transação no cliente é uma coisa, transação no servidor é outra. Para você conseguir juntar transação do cliente e do servidor em uma coisa só, eles precisariam estar envolvidos em uma transação XA compartilhada. Nos servidores do ISP da Globo.com isso ocorre, mas entre aplicações que rodam na mesma instância de JBoss, e usando um driver XA da Oracle. E posso te dizer que isso traz mais problemas do que soluções, na maioria dos casos.

    Bom, espero ter ajudado😉

  3. Joel Lobo disse:

    Caro Bruno, você já disponibilizou os fontes do projeto de exemplo?

  4. blpsilva disse:

    Oi Joel, ainda não fiz isso, mas farei em breve. Devo inicialmente colocar em um servidor genérico de compartilhamento de arquivos, e depois coloco na página do CEJUG. Você talvez se interesse pelo meu artigo na Java Magazine de Abril (edição 56). Lá eu detalho bastante as coisas.

    Quando eu tiver disponibilizado os fontes da apresentação eu aviso aqui pelo blog.

  5. […] de um descritor de serviços REST? Me perguntaram sobre isso na minha apresentação de REST na Globo.com e isso foi assunto de uma discussão interessante hoje no CEJUG. Como é um assunto […]

  6. […] apresentação será semelhante à que fiz recentemente na Globo.com, mas acho que ficará um pouco melhor. Maiores informações sobre a apresentação podem ser […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: