Dicas para aprender inglês rápido e sem gastar muito

Atenção, este blog foi migrado para: http://brunopereira.org

Recentemente eu comentei aqui sobre a importância de conhecer bem inglês para quem trabalha com software. Para aproveitar bem os livros que eu coloquei aqui e os livros passados pelo Guilherme, você precisa saber inglês. Sem isso tudo fica mais complicado.

As pessoas da nossa área têm pouco tempo livre para estudar inglês e os cursos em geral vão te tomar um bom dinheiro até que você tenha um bom nível de conhecimento na língua. Para contribuir com esta causa resolvi passar aqui algumas dicas para quem precisa aprender inglês rapidamente e sem gastar muito.

É óbvio que o ideal é que você tenha o maior contato possível com a língua, das formas que lhe forem mais convenientes. Sobre isto não entrarei em detalhes. Uma dica muito boa é dar uma olhada na série de livros de gramática chamada “Grammar in Use”. Eu tenho o “English Grammar in Use” e o “Advanced Grammar in Use“, e também existe o “Essential Grammar in Use“. Estas gramáticas são excelentes. Elas são organizadas em um conjunto de tópicos como uso de verbos, preposições, formulações de perguntas, afirmações, negações, etc. Cada tópico específico tem 1 página mostrando as regras com exemplos e 1 página com vários exercícios. Ao final de cada tópico certamente você já saberá adequadamente aquele item específico. Dedicando algumas horas semanais a ler esses livros fazendo os exercícios, rapidamente seu conhecimento gramatical vai melhorar. Pelo que pude ver, a Fnac tem os 3 exemplares, e no total eles custam uns R$ 250,00.

Em relação ao vocabulário, ler apenas conteúdo técnico limita bastante. É muito interessante ler notícias e artigos sobre temas gerais. Algo como a Veja e a Isto É aqui do Brasil. Boas fontes de conteúdo diversificado são as revistas Newsweek e Time. Nos sites dá para fazer cadastro e receber newsletters por e-mail e acho que por RSS/Atom também. No começo é normal encontrar vários termos novos, mas lendo esse tipo de conteúdo com um dicionário e a gramática ao lado, você conseguirá melhorar rapidamente o vocabulário também.

Para treinar a audição, claro que assistir a muitos filmes e seriados é uma ótima opção. Se você já estiver num nível razoável, tente assistir a filmes com legenda em inglês. Demora bastante para conseguirmos assistir a um filme em inglês sem legenda alguma. Provavelmente se você tentar vai acabar parando logo no começo, cansado e sem aproveitar nada do filme. As legendas em inglês ajudam muito na compreensão, pois às vezes a pronúncia dos atores é difícil ou as cenas são um pouco barulhentas.

Estas dicas ajudam no aprendizado por conta própria, mas é claro que fazer cursos ajuda também. Entretanto, recomendo fortemente que evitem fazer cursos nos quais as aulas tenham mais de 5 alunos. Eu fiz durante 3 anos um curso de inglês desconhecido, chamado Winners, que ficava perto da minha casa. Infelizmente o curso já fechou. Uma coisa que eu achava extremamente positivo nele era que todos os professores eram estrangeiros ou tinham morado fora do Brasil por um bom tempo, então todos falavam realmente muito bem. Além disso, tipicamente as aulas tinham 3 ou 4 alunos. Eram 3 horas de aula por semana, e com 3 alunos na aula, cada um chegava a falar mais de 1 hora por semana. Isso é de fundamental importância. Se você tiver 3 horas de aula por semana, mas sua turma tiver uns 8 alunos, talvez você não fale nem 30 minutos por semana. Considere este fator como um dos principais na hora de escolher um curso. Turmas grandes vão te obrigar a ficar no curso por uns 3 anos até saber falar direito.

Uma última dica: se você tiver amigos que também estão querendo praticar inglês, experimente conversar em inglês por algum IM. Claro que se você estiver no trabalho e o ritmo estiver muito corrido, ficará complicado fazer isso. Mas se a situação permitir e você tiver amigos na mesma situação, o IM é uma boa forma de praticar também.

Espero que essas dicas sejam úteis para quem quiser aprender inglês. Quem quiser contribuir com mais dicas por favor deixe seu recado por aqui que eu complemento este post. Seguindo estas dicas você não gastará muito e conseguirá progredir rapidamente no seu conhecimento da língua.

6 respostas para Dicas para aprender inglês rápido e sem gastar muito

  1. Bruno Tonetto disse:

    Apesar de conhecer os livros indicados, eu particularmente tenho outra receita🙂
    Eu utilizo o http://www.englishtown.com que para mim é o melhor e-learning que eu conheço e custa pouco mais de cem reais por mes.
    Quanto a gramática, eu prefiro a “Grammar Express” da editora Longman.

    Grande abraço

  2. blpsilva disse:

    Oi Bruno, eu não conhecia esse English Town. Realmente me pareceu interessante. Eu estava pensando um tempo atrás em me preparar para o TOEIC ou IELTS, mas não queria gastar muito com isso e também não tenho tanto tempo para fazer aulas presenciais. Vi que eles preparam para os exames e têm simulados. Depois vou pensar a respeito e talvez entre em contato com eles.

    Agradeço pela dica, abraços!

  3. Excelente blog. Acho que no Brasil faltam mais bolsas de estudo para Intercâmbio.
    Temos que conseguir que os governos olhem para os investimentos em educação com seriedade.
    Por exemplo, na espanha hoje qualuer pessoa que deseja fazer um curso de idiomas no exterior tem uma bolsa do 50% do valor do curso.
    Eu não estou pedindo tanto más pelo menos um apoio nos preços das passagens aéreas.
    Abraços!!! Ramiro

  4. blpsilva disse:

    Aqui no Brasil isso é um sonho distante. Temos tantas crianças na quarta e quinta série do Ensino Fundamental que não sabem nem ler português. Isto é muito triste e nos coloca na retaguarda mundial em educação.

    Eu gostaria muito que nossa educação fundamental e de nível médio fosse decente, pois do jeito que a coisa está, nunca sairemos desta condição ridícula em que nos encontramos. Quisera eu que estivéssemos em condições de discutir sobre investimentos neste nível que você falou. Seria realmente ótimo que tivéssemos este apoio e já tivéssemos muitas pessoas com condições de usufruir de um benefício assim.

    Por enquanto me dou por satisfeito se o povo brasileiro souber falar Português corretamente, em vez de Tupi (Mim faz “qualquer coisa”). Aqui do meu cantinho eu tento ajudar da forma que posso, mas infelizmente temos muito pouco poder.

  5. Belzinha disse:

    É mesmo
    esse blog é interessante,mas eu ainda nao conheci esses livros
    até pq minhas condições financeiras está longe de obter um livro desses.
    Moro numa periferia e estudo numa escola pública que realmente o inglês só é o “basiquinho”,mas eu tenho
    sonho de estudar fora e hoje estudo inglês através de dicas que encontro na internet e
    até ta dando certo.Tou fazendo amizades com gente estrangeira e tou juntando um dinheirinho
    pra fazer um curso intermediário.Hoje eu tiro do meu tempo 1h e meia pra se dedicar o inglês.Além de ter
    um enorme interesse na língua inglesa,estudo também por meio da internet,web designer que eu amo muito.
    Se eu nao tomo pelo menos essa iniciativa , acho que as coisas tornariam mais dificil pra mim.
    Hoje em dia temos que sacrificar mesmo pra conseguir o que queremos e infelizmente no Brasil se vive dessa forma.Pode até demorar um tempo pra chegar onde quero,mas tenho força de vontade,não é suficiente,mas tenho que ter isso pelo menos.Apoio de alguém?????Nem se humilhando…ta ruim mesmo!
    Todas essas dicas que o Bruno citou é os mesmos que estou seguindo e tenho resultados positivos.
    Parabéns,Bruno pela iniciativa e parabéns pra todos que comentaram neste blog.

    Sucesso pra todos!

  6. amanda disse:

    oi bruno eu quero saber o verbo to be em íngles
    ok
    beijosssss e abraçossss!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: