Google Android: será que vai vingar?

Atenção, este blog foi migrado para: http://brunopereira.org

Há 1 semana foi anunciado o lançamento do ambiente de desenvolvimento para o Google Android.O projeto é extremamente ousado e inovador e tem um potencial revolucionário no mercado de software para dispositivos móveis. Bom, você não esperava nada de menor impacto vindo deles, certo?

Se tiver sucesso, o Android virá para tomar conta de um mercado ainda meio indefinido, sem uma presença soberana. Ok, sabemos que existe o Symbian e o Windows Mobile, que são belos sistemas operacionais para dispositivos móveis, mas e quanto a todo o resto? Sony Ericsson, Motorola, Samsung, LG, etc etc etc…

Eu já tive a oportunidade de trabalhar com J2ME durante pouco mais de 1 ano e meio. Na época a aplicação em questão era J2ME sobre Windows Mobile 2002 e inicialmente utilizava o DB2 Everyplace como ferramenta de sincronização com o servidor. Posteriormente esta aplicação foi migrada para o Oracle Lite 10g, o que funcionou muito melhor para as nossas necessidades. Nossa aplicação era um sistema de automação de força de vendas, e integrava-se ao JDEdwards e ao Siebel (respectivamente ERP e CRM do cliente).

Gostei bastante de ter tido esta experiência e lembro-me que uma das maiores frustrações era o desenvolvimento focado em uma plataforma específica, no nosso caso, Windows Mobile.

“Ah, mas o Palm OS também suporta J2ME e os PDAs são tão robustos como os do Windows Mobile. Não podemos utilizá-lo?”. Esta pergunta é de fato pertinente, porém na prática a implementação para Palm OS seria um outro projeto, pois os sistemas operacionais são muito diferentes. No Palm OS você não consegue nem colocar um arquivo texto avulso, criado em seu desktop para dentro dele. Tudo tem que ser através de aplicações que se registrem no processo de sincronização com o desktop.

Na época isto foi bastante frustrante, pois cada smartphone com Windows Mobile custava quase R$ 3000. O fato de não poder usar um Palm de R$ 600 ou até mesmo um celular que suportasse J2ME limitou um pouco a escala do projeto.

Neste contexto, a chegada do Android (que busca ser uma camada de software comum sobre a variada gama de aparelhos disponível) é muito bem-vinda. Poder desenvolver um software único compatível com centenas de modelos diferentes era algo antes inimaginável, e sem dúvida uma necessidade real.

O Android será um sistema operacional desenvolvido sobre um kernel customizado do Linux. Serão oferecidas bibliotecas para acesso aos diversos recursos de hardware dos celulares e também aplicações para os usuários finais. O desenvolvimento de software para o Android será totalmente em Java e o ambiente de desenvolvimento baseia-se na plataforma do Eclipse.

Um claro problema para o sucesso do Android é que as operadores de telefonia teriam que adequar seus modelos de negócio com a chegada desta nova plataforma. A venda de serviços utilizando esta plataforma é algo ainda não vislumbrado claramente. Além disso, apesar de um grupo grande e significativo de empresas terem aderido inicialmente à iniciativa, alguns gigantes do setor como Nokia e Sony Ericsson ainda não aderiram ao movimento, então temos ainda muita estrada pela frente até saber que caminhos o Android irá traçar.

Podemos ter certeza de que o Google tem poder, inovação e qualidade suficientes para revolucionar este mercado, e que eles não entraram nesta para brincar com a Microsoft. Se eles serão capazes de emplacar mais um sucesso avassalador com o Android, só o futuro nos dirá. Mas que eu torço muito pelo sucesso do Android, não restam dúvidas!

3 respostas para Google Android: será que vai vingar?

  1. Evandro Giachetto disse:

    Olá, boa tarde.
    Estou desenvolvendo meu tcc sobre o Oracle Lite e estou tendo alguns problemas.
    Vi que teve sucesso em utilizar o mesmo, eu não estou conseguindo fazer com que o banco seja criado no windows mobile…

    Se puder me ajudar, eu agradeceria muito…
    evandrogiachetto@yahoo.com.br

    abraços
    Evandro Giachetto

  2. raphael disse:

    Opa! Parabens muito bom seu post super interessante e inteligente, embora estejamos em
    um mundo inovacoes e inovacao como essa nooooooooossa, mundo da computacao
    LIVRE e de imenso DESENVOLVIMENTO.

  3. […] sabíamos previamente da iniciativa do Google de entrar firme no mercado de dispositivos móveis. Agora eles aumentam drasticamente o alcance das ferramentas de propaganda deles. Para completar, […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: