Effective Teams

Atenção, este blog foi migrado para: http://brunopereira.org

Neste interessante podcast Bruce Tate fala sobre equipes eficientes. Embora não seja grande novidade, um dos pontos destacados é que é muito importante que os membros de um time eficiente tenham humildade, respeitem-se uns aos outros.Quantas vezes você não viu um grupo de profissionais de alto gabarito atingir resultados bem mais baixos do que o esperado porque a disputa de egos era mais forte do que os objetivos comuns? Eu já vi bastante disso, e penso que tão importante como a capacidade técnica de um profissional é a facilidade de encaixá-lo em uma equipe de forma eficiente.

Eu particularmente sempre gosto de trocar idéias com outras pessoas quando preciso tomar algumas decisões. Mesmo que você tenha excelentes idéias, dificilmente a primeira idéia concebida será a melhor possível e provavelmente você pode aparar algumas arestas depois de discutir com alguém.

Outra coisa fundamental é encontrar indivíduos motivados naturalmente, pois eles são os mais fáceis de cativar e orientar na busca dos objetivos do projeto. A contínua busca pela melhoria é algo que deve ser bastante incentivado e exigido também.

O que você está fazendo essa semana para melhorar o seu projeto, sua empresa?? Você sempre tem algo de positivo para responder a esta pergunta? Se não tem, porque ainda não está buscando algo agora? Improve it, enhance it, beautify it!😉

2 respostas para Effective Teams

  1. Fabiano Izabel disse:

    Sobre este assunto, tive o prazer de conversar sobre ele contigo, por um bom tempo.
    Embora eu tenha maior compromisso com qualidade de software, eu também sou da turma do “time is money”. Ser improdutivo ou produzir pouco, seja na nossa ou em qualquer outra área, é perder MUITO tempo na vida. E como tempo é dinheiro … hehehe

    Grande abraço!

  2. blpsilva disse:

    Cada projeto merece uma abordagem específica. Para aplicações duráveis, que serão mantidas durante anos ou pelo menos uns bons meses, um certo investimento extra em qualidade compensa, pois com isso se tem uma estrutura melhor de se expandir, menos bugs e com isso menos tempo corrigindo coisas e menos re-trabalho.

    Já para aplicações menores que terão pouca ou nenhuma modificação em sua vida útil, como um hot site ou algo simples, muitas vezes podemos nos contentar com o “good enough”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: